Walter Colli – ACIESP

Membros & Equipe

Walter Colli

Data de Nascimento:

24/03/1939

Ano de Posse:

Compartilhe este perfil:

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on linkedin

Pesquisar por nome

Graduado em Medicina pela Universidade de São Paulo (1962), doutor em Bioquímica pela Faculdade de Medicina e Livre-Docente pelo Instituto de Química da USP (IQUSP, 1971). Foi Professor Titular da USP desde 1980 até sua aposentadoria em 2009, bolsista de Produtividade 1A do CNPq desde 1982 até 2009 e atualmente é Colaborador Sênior do IQUSP e bolsista de Produtividade Sênior do CNPq. Foi Diretor do IQUSP em dois períodos (1986-1990 e 1994-1998), do Instituto Butantan (1999) e do Instituto de Relações Internacionais da USP (IRI/USP, 2006-2009). Foi membro do Conselho Deliberativo do CNPq (1989-1991), do Conselho Superior da FAPESP (1988-1994) e Presidente da Academia de Ciências do Estado de São Paulo (1999-2006). Foi Presidente da Comissão Técnica Nacional de Biossegurança (CTNBio, 2006-2009) e Diretor-Geral da Associação Brasileira da Tecnologia de Luz Síncrotron (ABTLuS, CNPEM 06/2010-05/2011). Foi Coordenador Adjunto da Diretoria Científica da FAPESP (2003-2020). É Doutor Honoris Causa pela Universidade de Buenos Aires e membro da Academia Brasileira de Ciências e da Academia de Ciências do Mundo em Desenvolvimento (TWAS). É membro da Ordem do Mérito Científico do Brasil nas classes Comendador (1995) e Grã Cruz (2000). Em 2014 foi agraciado com o prêmio Almirante Álvaro Alberto de Ciência e Tecnologia e em 2021 recebeu o título de Professor Emérito outorgado pelo Conselho Universitário da USP. Tem experiência na área de Bioquímica e Biologia Molecular, atuando principalmente na área de interação entre Trypanosoma cruzi e célula hospedeira, com particular enfoque em glicoconjugados, ligantes e receptores. Publicou mais de 130 trabalhos na literatura especializada e 22 capítulos de livros, dentre outros, permitindo-lhe supervisionar o trabalho de vários estagiários dentre mestrandos, doutorandos e pós-doutores, além de numerosos estudantes de iniciação científica. De 1975 a 2000 manteve estreita colaboração com grupos argentinos tendo recebido vários pós-doutores da Argentina em seu laboratório. Ensinou Bioquímica e Biologia Molecular anualmente, durante 50 anos, para estudantes de graduação.