Claudio Riccomini – ACIESP

Membros & Equipe

Claudio Riccomini

Data de Nascimento:

22/03/1956

Ano de Posse:

2015

Compartilhe este perfil:

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on linkedin

Pesquisar por nome

Claudio Riccomini é professor titular (sênior) dos Institutos de Geociências (IG) e de Energia e Ambiente (IEE) da Universidade de São Paulo. É graduado em Geologia (IG-USP, 1977), mestre em sensoriamento remoto (Instituto de Pesquisas Espaciais, 1983), doutor em geologia sedimentar (1990), livre-docente (1995), e professor titular (1999) pelo IG-USP. Foi geólogo do Instituto de Pesquisas Tecnológicas do Estado de São Paulo, 1980-1986, no qual atuou na área de mapeamento geológico e geologia aplicada. No IG-USP atua no Departamento de Geologia Sedimentar e Ambiental, desde 1986 e como professor sênior desde 2016. Foi responsável pelos laboratórios de Microscopia Eletrônica de Varredura (laboratório multiusuários, 1998-2016) e Análise de Bacias Sedimentares e Neotectônica (2000-2016), foi chefe dos departamentos de Paleontologia e Estratigrafia e de Geologia Sedimentar e Ambiental, e presidente das comissões de graduação e de pós-graduação. No IEE-USP coordenou a estruturação e foi o primeiro Chefe da Divisão de Petróleo, Gás Natural e Bioenergia (2011-2016). É orientador de mestrado e doutorado no Programa de Pós-Graduação em Energia. Nos últimos 10 anos coordena/coordenou e/ou participou de vários projetos de pesquisa financiados por agências nacionais, internacionais ou empresas. Mantém cooperação com pesquisadores de instituições do Brasil e do exterior (IRD e Université de Rennes- França, University of Western Australia, Università di Trieste, Universidade de Lisboa, University of Nottingham, UFPA, UFAM, UFPE, UNESP. UNICAMP, UFU, UFF, Petrobrás, Eletronuclear, dentre outras). Lidera o grupo de pesquisa Origem e evolução de bacias sedimentares, desde 1990, no qual suas atividades de pesquisa atuais estão focadas na tectônica, geologia estrutural de reservatórios, sedimentação e estratigrafia. Desenvolve estudos em neotectônica, principalmente na região sudeste do país. Foi presidente da Sociedade Brasileira de Geologia (1993-1995, 1997-1999) e do Comitê Brasileiro de Ciências Geológicas (1994-1996), coordenador da área de Geociências da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo – FAPESP (1993-2007), membro (2007-2010 e 2014-2017) e coordenador (2009-2010 e 2015-2017) do Comitê Assessor de Geociências do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico – CNPq, e membro da Comissão da Área de Geociências da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior – CAPES (2013, 2017 e 2022). É revisor e integra corpos consultivos e editoriais de periódicos nacionais e internacionais na área de Geociências. É Editor Associado do Brazilian Journal of Geology (antiga Revista Brasileira de Geociências, Sociedade Brasileira de Geologia), Editor Associado do Journal of Maps (Taylor & Francis) e Editor Associado dos Anais da Academia Brasileira de Ciências. Foi Editor Adjunto (2012-2016) e Editor Chefe (2016-2021) do Brazilian Journal of Geology. É membro titular da Academia Brasileira de Ciências e da Academia de Ciências do Estado de São Paulo. Em 2020 recebeu a medalha de ouro Henri Gorceix, outorgada pela Sociedade Brasileira de Geologia a profissionais que tenham se destacado pela excelência na formação de recursos humanos nas Geociências,